Cólicas: soluções naturais para acabar com as dores menstruais

A dor que vem com a menstruação serve para nos lembrar que algo está machucando nosso corpo. E o que geralmente se usa para cólicas? Anti-inflamatórios. Por dedução lógica, entendemos que a cólica é resultado de inflamação no corpo. Portanto, para tratar cólicas precisamos tratar o que nos inflama.

 

Quando o sangue que se acumulou na parede do útero ao longo do mês começa a descamar (menstruação), os fatores inflamatórios que estavam acumulados nele são liberados, estimulando o útero a se contrair e ter cãimbras.

 

Por isso, utilizar anti-inflamatórios quando já está com dor, pode não resolver. Afinal, as substâncias inflamatórias já foram acumuladas.

 

Na medicina indiana ayurveda, as inflamações são ligadas ao excesso de pitta. Pitta é um perfil biológico (dosha), caracterizado por quem tem o perfil competitivo, que não se permite parar e é super exigente com os outros e consigo. Pessoas com perfil pitta podem ter um perfil favorável para cólicas.

 

O caminho é seguir uma alimentação que regule a insulina, controle a inflamação e use nutrientes que relaxem o corpo, além de permitir mais momentos de tranquilidade no seu período pré menstrual. Controlar o estresse via alimentação, e principalmente mudança de hábitos é essencial.

 

O desequilíbrio da insulina, causado pelo excesso de açúcar, farinhas, alimentos brancos, é um grande inflamador! Alimentos industrializados, sem nutrientes com gorduras hidrogenadas e laticínios também. Combinado com o estresse, a inflamação é potencializada.

 

Para evitar cólicas, o ideal é incluir cuidados e mudanças de hábitos o mês todo ou pelo menos duas semanas antes da menstruação e não no momento da cólica. Se não adianta muito trabalhar no momento que já está com dor, pois a exacerbação do processo inflamatório já foi instalado, a dica é implementar mudanças de forma mais firme pelo menos 2 semanas antes da menstruação.

Anote essas dicas para uma melhora poderosa nas tuas dores de cólica menstrual:

🍵 Inclua 3 xícaras ao dia de chá de gengibre com camomila ou erva doce pelo menos 2 semanas antes da menstruação;

 

🍫 Inclua 30-50g de chocolate amargo (70% ou mais) sem leite, sem gordura vegetal ou gordura anidra de leite;

 

☕ Reduza o café: tome só pela manhã, até 100ml ou troque por chá verde ou mate. Dependendo da sua sensibilidade, talvez você precise retirar totalmente;

 

💃🏽 Se exercite ao longo do mês e não deixe de se movimentar no período pré menstrual e menstrual. Quanto melhor a circulação do sangue, mais ajudamos a reduzir o processo inflamatório (sem exageros, mas sem sedentarismo);

 

🥛Evite laticínios pelo menos 2 semanas antes da menstruação. Troque o leite por algum leite vegetal ou chá, troque os lanches com iogurte por castanhas e minimize ao máximo o consumo de queijo (desafiante, não acha?). Troque a pizza por comida Thai ou japonesa por exemplo;

 

🌻 Comece o ciclo das sementes! Quando você tem um equilíbrio hormonal (entre o estrógeno e progesterona) você tem menos cólicas e sintomas pré menstruais. O ciclo das sementes é uma técnica super simples de incluir 4 sementes ao longo do seu ciclo menstrual. Baixe o ebook agora pra começar;

 

💪🏼 Não enrolem pra começar, vale a pena! Me conte aqui, qual desses é mais fácil e o mais difícil para mudar.

Quer saber mais sobre seu corpo e ter ferramentas para cuidar dele ao longo da vida? Conheça o CICLOS DA MULHER. Algumas alunas do curso online sentiram redução de dores no corpo após apenas alguns dias de mudança alimentar.

E você, já conseguiu fazer relação das suas mudanças alimentares ou estresse com suas cólicas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *